Please reload

Posts Recentes

VENDEDOR – A MELHOR PROFISSÃO DO PLANETA!

April 18, 2017

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

A Síndrome do umbigo....

April 17, 2017

 

Trago aqui o conceito sobre a Síndrome do umbigo.... Escolhi esse nome, porque há um dito popular que diz que as pessoas as vezes precisam parar de olhar para o próprio umbigo.

 

O conceito consiste em tirar o “Eu” da posição de centro do planeta, e pensar mais além, ou seja, nos reais motivos das mudanças, no que elas podem trazer de bom para todos e não somente para alguns ou mesmo para você.

 

Vou dar aqui um exemplo pessoal:

 

Em 2013, quando trabalhava na melhor empresa que já trabalhei até hoje, chamada Conseg, como Supervisor do Consórcio Iveco na região Norte e Nordeste, e morava em Curitiba, após 4 anos, percebi que precisava sair para poder aproveitar e acompanhar o crescimento da minha filha Lorena e me tornar um marido mais presente, pois na época eu viajava 3 semanas por mês e essa rotina certamente me faria perder muitos momentos especiais da vida dela e da minha esposa. Para promover essa grande mudança em minha vida, contei com a ajuda de um processo de coaching com a profissional Christina Bresser, e assim que o processo terminou e eu tomei as ações necessárias para a mudança, recebi uma proposta para mudar para Fortaleza e ser Gerente de Vendas da Navesa Caminhões e Ônibus. Esse era realmente meu objetivo, não viajar mais e ser Gerente de Vendas, então como dizem no Rio Grande do Sul, mudei de mala e cuia com minha esposa e filha para Fortaleza.

 

Em um momento altamente recessivo do mercado automotivo e especialmente do de caminhões, como nós aqui éramos em 2 gerentes, sendo um Geral e um de Vendas (Eu), no dia 28/12/2016 a tarde eu recebi uma ligação junto com meu gerente........

 

Após um período de grande aprendizagem e experiências fantásticas  com a equipe, que durou três anos,  nosso diretor disse que não tinha mais como me segurar e nos deu a notícia de que ele precisaria me desligar em função do momento e que o Gerente Geral assumiria a operação...

 

Foi um momento realmente difícil, pois foi a primeira vez que eu fui demitido de uma empresa, mas agradeci pela oportunidade que ele me deu e por ter acreditado em meu trabalho.

 

Nessa hora, se eu tivesse tido a síndrome do umbigo eu reagiria da seguinte forma:

 

“Que absurdo, me trouxe de Curitiba com minha família e agora vai me demitir, me abandonar, esse diretor é um insensível mesmo”.

 

Porém, qual foi minha reação verdadeira e quem me conhece sabe disso:

 

Entendi que a empresa estava realmente em um momento delicado devido ao mercado, e que já era de se esperar que ou eu ou meu gerente geral fossemos desligados. Nesse caso, devido ao meu conhecimento ser mais específico, a empresa decidiu ficar com ele, que é um grande amigo a quem devo respeito e agradeço por tudo que aprendi. E além do mais, como costumo dizer, eu sempre me agarro no que é bom:

 

1 - Eu fui o último Gerente de Vendas a ser desligado entre todas as casas;

2 – Meu cargo foi extinto e eu não fui substituído, o que me dá tranquilidade de saber que não tem haver com o meu desempenho e sim com a situação.

3 – Eu já estava com planos de iniciar minha carreira como Coach e Palestrante e isso só antecipou essa oportunidade.

 

Por isso, eu inclusive brinco que essa demissão foi uma “oportunidade” que a empresa me deu para que eu pudesse trilhar o caminho para a realização do meu sonho.

 

Inclusive fiz até uma festa para celebrar minha saída. Mas não se preocupem que não sou louco, não estava comemorando minha demissão, mas sim agradecendo as pessoas por tudo que fizeram por mim enquanto estive ali e também celebrando esse novo ciclo profissional que estava iniciando em minha vida.

 

Por isso amigos, quando situações difíceis surgirem em sua vida, parem de olhar para o próprio umbigo, e se façam as seguintes perguntas:

 

- Por que isso aconteceu?

- Eu tive responsabilidade para que isso acontecesse? Caso sim, qual?

- O que posso aprender com essa situação?

- Quais as oportunidades que surgirão com essa dificuldade?

- O que há de BOM nessa situação?

 

O problema não são as coisas que acontecem em nossas vidas, mas sim a maneira com que as enxergamos. E o mais importante, o modo que você enxergar definirá como você irá se sentir diante do ocorrido. Por isso, pense bem...... como você quer contar sua própria história?

 

Fortaleza, 17/04/2017

 

Fabio Liber

Liber Coach

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Arquivo